Pular para o conteúdo principal

Como dar entrada no FGTS?

O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço é um direito de todo trabalhar brasileiro registrado em carteira. Por isso hoje informaremos a você como dar entrada no FGTS.
Como dar entrada no FGTS?
Abaixo separamos algumas situações mais buscadas no momento de dar entrada, então verifique em qual delas você se encaixa e em seguida organize os documentos necessários:
*Demissão sem justa causa
- Documento com foto (RG ou Habilitação); PIS ou Cartão Cidadão (caso não tenha, solicite junto a Caixa); Carteira de Trabalho; TRCT – Termo de Recisão de Contrato de Trabalho (tendo mais de 1 ano de empresa, deve estar homologado pelo Sindicato da categoria ou DRT/ Delegacia Regional do Trabalho – geralmente é orientado e agendado pelo empregador).
*Término de contrato por prazo determinado
- Carteira de Trabalho, com exceção de diretor não registrado, devendo apresentar apenas documento capaz de comprovar vínculo com a empresa; Documento com foto; Cartão Cidadão (pode ser solicitado pela Caixa) ou PIS; TRCT – Termo de Recisão de Contrato de Trabalho (1 ano de empresa, registrado em carteira e homologado pelo DRT ou Sindicato).
*Rescisão por encerramento da empresa ou determinado setor; Falecimento do empregador.
- Carteira de Trabalho, em casos de diretor ou demais cargos superiores, pode apresentar outro documento para comprovação; Documento com foto (RG ou Habilitação); Cartão Cidadão ou PIS; TRCT – Termo de Rescisão de Contrato de Trabalho; Declaração feita pelo empregador, informando o encerramento das atividades da empresa; Em casos de falecimento, apresentar Certidão de Óbito, enfim, quaisquer que seja o motivo, sempre comprová-lo com documento devidamente assinado por um responsável.
*Culpa por parte do empregado e empregador ou força maior (Pode ocorrer quando a Justiça do Trabalho os julgam responsáveis por algum acontecimento.
- Carteira de Trabalho (exceto cargo de diretor, devendo apresentar outro documento); Documento com foto (RG ou Habilitação); Cartão Cidadão ou PIS; Se houver, TRCT; Termo de audiência homologado e todos os demais documentos apresentados em todo o processo.
Enfim, o empregado deve se dirigir até uma Caixa Econômica para dar entrada em seu FGTS somente após passar por homologação em DRT ou Sindicato, algo orientado pela empresa no ato de seu desligamento. Importante levar todos os documentos originais e mais cópia à Caixa, assim como também será informado no ato da homologação.
Para mais informações consulte o site da Caixa Econômica. E quer aproveitar e saber como consultar seu FGTS? Então acesse o link.

Comentários

  1. estou com todos os documento aqui e ja fui homologado ja posso ir na caixa?

    ResponderExcluir

Postar um comentário


Postagens mais visitadas deste blog

Como descobrir o numero da Carteira de Identidade (RG)

Veja abaixo como saber o numero do seu RG:
Primeiramente abra o site: http://www1.dataprev.gov.br/cadint/s...ication=cadint

Informe Apenas:

Nome Completo

Data de Nascimento

Nome da Mãe: Coloque IGNORADO

CPF e Digito do CPF

Coloque o captcha e Confirme

Será Informado um numero NIT

Guarde este numero e usara no seguinte site:

Acesse o seguinte site agora: http://www2.dataprev.gov.br/sabiweb/...to/inicio.view

Coloque o Captcha e clique em Confirma


Na Próxima tele Informe com qualquer um as seguintes opções:

Estado:

Município:

Data e Agência da Próxima Perícia Disponível

Agência onde será mantido o benefício:

Clique em Avançar

Na Proxima tela selecione:

Segurado Via Internet


Informe os seguintes dados:

NIT (é o numero do antigo site:

Nome Completo:

Nome Completo da Mãe:

Data de Nascimento:

E selecione Desempregado e clique em avançar.
Pronto o numero do RG e todos os outros dados informados.


Aproveite e ganhe dinheiro extra com o EGRANA acessando este Link, conheça e site e veja como é facil ganhar dinheiro online…

Como fazer uma denúncia ao Ministério do Trabalho?

Aproveite e ganhe dinheiro extra com o EGRANA acessando este Link, conheça e site e veja como é facil ganhar dinheiro online.



Se você trabalha sem carteira assinada, ou se tem a carteira assinada em um cargo inferior ao seu, se não recebe os benefícios aos quais tem direito, como férias, 13º salário e vale transporte, ou se você trabalha em condições precárias, sem água, sem alimentação adequada ou sem descanso, não fique calado. Faça uma denúncia ao Ministério do Trabalho. Todo trabalhador tem direito a um emprego formalizado e boas condições de trabalho. Para isso, procure o Ministério do Trabalho de sua cidade e solicite à visita de um fiscal até a empresa em que trabalha. No dia da visita, ele vai pedir notificação e apresentação de documentação e benefícios de todos os funcionários, verificando a rotina do trabalho e a parte burocrática. Se houver irregularidades, a empresa é multada e obrigada a regularizar tudo. A maioria das pessoas que estão empregadas sente-se coagida a não …

Como saber se tenho direito ao PIS?

Inicialmente, o direito ao abono do PIS (para funcionários de empresa privada) ou PASEP (funcionários públicos) se dá após, pelo menos, 5 anos de cadastro junto ao programa. Ou seja, o trabalhador que teve sua carteira assinada ou vínculo formal empregatício a partir de 2005 terá direito ao abono no ano de 2010, se cumprir alguns outros requisitos. É importante lembrar que o documento que informa o vínculo empregatício chamado de RAIS (Relação Anual de Informações Social) é enviado pelas empresas, sempre no mês de março, e refere-se ao ano anterior. Por isso é comum as pessoas possuírem 5 anos de emprego, mas não terem o abono liberado. Logo, a informação do vínculo em 2005 só terá sido computada em 2006.Neste caso, o abono só estará disponível entre dezembro e junho. Assim também ocorre quando a empresaenvia a RAIS fora do prazo.
O direito ao abono PIS/PASEP só será devido a quem tiver trabalhado pelo menos 30 dias no ano anterior e não tiver recebido remuneração média superior a dois…